O Poema de Suas Palavras

O Poema de Suas Palavras

 

Que palavras eu diria?

Se em fevereiro já passou meu aniversário

Você me entregando flores

Entregando-me tão fria

De nenhuma forma você riria

Mas eu sei de suas dores

 

Poemas, maçãs, jardins

Há tempos me deito com você

Faça-me crer que não há o fim

Em nossa vaidade de aparências

Contatos, contatos e sensações

Criando histórias de nosso viver

 

Mas se o tempo decorrer-se

Em suas doces cartas

Doces poesias de observação estelar

Suas cheirosas flores que me matam

 

Suas palavras soam como no Dia dos Namorados

Talvez, você realmente tenha o gosto

A harmonia de seus beijos

Mas que veem os beijos em meu rosto

 

Talvez seja seu sonho que eu possa desvendar

Talvez eu sobrevoe ele

Era uma vez sua palavra

Que uma vez por suas palavras

Chegou ao fim

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close